Grupo GI: relato de março

abril 20, 2017

Fizemos a confecção do jogo americano que será utilizado nas refeições: cada criança elaborou seu jogo, através de pintura e colagem da própria foto, exercitando a coordenação motora e desenvolvendo a identidade.

Realizamos um desenho livre na lixa. Depois de explorarem a textura do papel lixa, o grupo fez um registro com giz de cera e com giz de quadro molhado. Essa atividade estimulou a coordenação motora fina, e também o desenvolvimento sensório motor.

O Grupo I vivenciou diversas brincadeiras com caixas de papelão de diversos tamanhos. Criaram várias possibilidades explorando e experimentando apenas um objeto: a caixa. Ela virou canoa, carro, blocos de empilhar e até chapéu. Foi muito divertido! Uma experiência como essa instiga a criatividade da criança.

A turma também confeccionou em uma caixa, o areal, espaço externo da escola, que é bem explorado por todos. A colagem da areia aconteceu do lado de fora do areal, e a pintura da “cerca” foi vivenciada no ateliê. A faixa comemorativa foi pintada com marcas dos pés das crianças, também no ateliê.

Depois da contação da história “Não vou tomar banho”, o Grupo I foi convidado a ir ao pátio, dar banho nas bonecas e nos animais. Foi uma experiência muito prazerosa para eles que até arriscaram entrar na banheira para participar desse momento. Essa experiência desenvolve a socialização, o afeto e as linguagens corporal e verbal.

Depois da contação da história “O Barquinho”, o grupo brincou com barquinhos de papel na banheira e depois de muita exploração e boas risadas, resolvemos pintar os barcos no ateliê.

Grupo GIIA: relato de marçoBerçário: relato de março

Agende sua Visita

Entre em contato e agende uma visita para conhecer mais do Centro Educacional Viva.

Agendar Visita